Sérvulo Paixão


Dos telegramas para o sucesso

Seus longos anos trabalhando nos Correios, como anotador de telegramas, deram a Sérvulo Gonçalves Paixão larga experiência nos textos rápidos e curtos, embora bastante informativos. O emprego lhe valeu também o conhecimento com dezenas de celebridades, uma das quais, a poetisa e declamadora Sofia Carmim, tornou-se sua mulher em 95. Quando decidiu seguir a carreira de jornalista, em 98, sem qualquer conhecimento anterior, os tempos com os telegramas foram bastante valiosos. Durante uma visita à redação do SacolãoBrasil, pediu emprego ao então editor chefe, Castor Júnior, que lhe propôs uma experiência, sem salário, de 180 dias. Não demorou para que Castor percebesse seu talento e o contratou para assinar a nova coluna Marcas, um registro breve dos principais acontecimentos nacionais e internacionais. Foi um sucesso imediato. Workaholic incansável, Sérvulo, 34 anos, é também guitarrista amador, lutador de boxe premiado, poeta concretista e orgulha-se de sua imensa coleção de telegramas de gente famosa.

Edição 002
Nosso diretor é condecorado
Edição 006
Cheque bom e astros de Hollywood
Edição 009
Galã cai da árvore e morre
Edição 014
Linda menina no lar dos Ferrão
Edição 018
Um resultado sobre paternidade
Edição 024
Toureiro se casa com toureira
Edição 031
Um golpe com a Fome Zero
Edição 037
Toma que o filho é teu!
Edição 051
Problemas na Fezbem
Edição 061
A morte de Madame Mimi
Edição 068
Demissões na Rede NossoBrasil
Edição 074
As mudanças de nossa vida
Edição 080
E a vida continua
Edição 095

Gatos e boleros

Edição 100
Dia a dia brasileiro
Edição 105
Os dramas de todo dia