ANO I NÚMERO 7

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2006© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)

Policial inglês vem
ensinar brasileiro a
combater o crime


"Bobby Joe": conversa é melhor que arma

John Reginald Christie, membro da
força policial londrina, que apesar do cargo de inspetor gosta de usar o uniforme tradicional dos guardas de rua, foi escolhido pelo seu superior como chefe da equipe que virá ao Brasil para ensinar técnicas especiais no combate ao crime. "Bobby Joe", como se tornou conhecido nas ruas de Londres, apelido que ganhou por ser um "bobby", nome popular dos policiais fardados da cidade, tem 54 anos, é casado, pai de quatro filhos e esta será sua primeira viagem ao exterior, após 30 anos na profissão. "Tenho certeza que me sairei bem no Brasil, pois apesar das notícias sobre o crime e a violência nas grandes cidades, tenho métodos bastante eficientes para enfrentá-los".

Diretor volta atrás após
reprovar aluno que disse que Cabral era cearense

O Grupo Escolar José de Iracema Alencar, situado no sertão do Cariri, Ceará, é uma das 63 mil escolas brasileiras que não possuem luz elétrica. E permaneceria desconhecido do resto do mundo não fosse por um episódio acontecido a semana passada. Durante uma prova mensal de história, um dos alunos, Martinho Joseval, de 32 anos, escreveu que "Cabral,o descobridor do Brasil, era cearense, nascido em Fortaleza". Januário Trindade, diretor da escola, indignado, reprovou Martinho sumariamente.

Pesquisa SB

Vozes das Ruas

O que você espera de 2001?