ANO II NÚMERO 17

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2006© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)


Bailarina brasileira foi
amante de
Bin Laden

"Eu estava vivendo com o demônio"

Por
Anthony C. Carpi
Exclusividade para o SacolãoBrasil na
América Latina


- Penúltimo Capítulo
-

Quando decidi me entregar de corpo e alma ao homem do Ritz, que não era um tipo qualquer, dos muitos que a gente conhece pelas ruas, bares e lugares elegantes da capital francesa, descobri algum tempo depois que havia algo de diferente, charmoso e também assustador nele. (segue)

Gigante musical americana chega
com tudo ao Brasil



Bram: "Crise? Que crise?"

Por C.D. Lima

Uma milionária recepção, seguida de gigantesco e luxuoso coquetel e de uma exibição de arte, prestígio e muito dinheiro, marcaram a chegada ao Brasil da gravadora Anvil Sounds, anteontem, na Sala Cultura Geral. Pelos meus cálculos, bem como os feitos pelo chefe dos 114 bombeiros que cuidavam da multidão, havia cerca de cinco mil convidados no local.O crítico de música Rogério Hungerig, veterano de eventos e recepções do gênero, me disse que foi o maior acontecimento do gênero que ele já viu em toda a sua carreira. Diante de tudo que presenciei, não há como não concordar com ele. (segue)

Para professor, textos da imprensa brasileira deixam muito a desejar

Entre seus alunos na Universidade Hildy Johnson, em East Mojave, no Arizona, EUA, o brasileiro Walter Mello Burns tem fama de intransigente e perfecionista, "um refinado caxias", como ele mesmo se define com humor. "Meus alunos americanos já incorporaram ao seu vocabulário várias gírias brasileiras e uma das prediletas é exatamente caxias, geralmente para me definir e os professores que consideram exigentes demais", ele explica.
A fama de atento a detalhes e perfecionista fez de Burns um nome respeitado não só em seu país como principalmente nos Estados Unidos, onde participa anualmente de dezenas de palestras e workshops em todo o país. Em sua rápida visita ao Brasil, de passagem para a Argentina, onde é um dos convidados de honra do Simpósio Imprensa Cultural e Não-Cultural no Cone Sul, Burns recebeu para uma entrevista este repórter, por sinal, um de seus antigos alunos aqui no Brasil. (segue)

Foto: Roberto Boggio
EXCLUSIVO!