ANO III NÚMERO 25

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2006© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)


Stan Oliver Laurel

Laurel, mais um brasilianista em nosso jornal

Estréia nesta edição do SacolãoBrasil o historiador e brasilianista americano Stan O. Laurel, um dos mais influentes e bem-informados especialistas em assuntos latino-americanos na imprensa internacional. Ele vai assinar mensalmente a coluna Visões da América Latina. O novo contratado
junta-se em nossas páginas a outro brasilianista, o inglês Kenneth Goodson, responsável pelo Panorama Econômico. No artigo de estréia, Laurel conta como foi sua visita ao nosso país para assistir à posse do novo presidente.
(segue)

"Ninguém vai passar fome no
Carnaval", afirma empresário

Nicolielo
Jack Ruby Vipera
O empresário e promoter ítalo-americano Jack Ruby Vipera, que adquiriu por US$ 3 milhões o direito de explorar comercialmente
os principais bailes de carnaval em cinco capitais brasileiras, garantiu que, desta vez, ninguém vai passar fome, como aconteceu em 2002. Ele
se referia aos protestos, ocorridos ano passado, de clientes e convidados, que compraram convites a
R$ 1.800 para um dos
bailes em três capitais e
as comidas, bebidas e sobremesas foram insuficientes, acabando
uma hora depois de os folguedos carnavalescos começarem. Centenas e centenas de pessoas
ficaram sem ter o que comer, provocando
tumultos e até agressões. Houve cerca de100 feridos, cinco deles, gravemente, e todos alegavam que tinham fome e não havia nada para comer. (segue)

Nosso humor de ontem

Acredite, leitor, já fomos (ou somos) grandes! Nosso humor era (ou é) inspirado, novo, revolucionário, todos morriam (e morrem) de rir com a gente! Verdade mesmo! Cruel e desmistificador como ele só, o tempo deixou marcas profundas em nossa inspiração! Eis o resultado: cada vez mais, um número crescente de leitores e infonautas (com esse nome, não merecem muita consideração, é ou não é?) garante que estamos perdendo a graça, dia após dia!Outros afirmam que estamos mais engraçados que nunca!
E você, o que acha? Estamos cada vez melhores ou cada vez piores? Só há um jeito de saber: consulte a coluna da esquerda, na primeira página, intitulada Edições Anteriores, escolha um número e compare o nosso humor de ontem com o nosso humor de hoje.

MUITOS
PARABÉNS
PELO NOSSO 2º
ANIVERSÁRIO