ANO III NÚMERO 30

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2006© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)

Cariocas criam Sede Zero e se
surpreendem com as adesões

Desta vez a idéia não nasceu nos bares ou na praia de Ipanema, paraíso de boêmios,descolados e desocupados, mas em Del Castilho, um outrora sonolento subúrbio da
zona norte do Rio. Um grupo de sete amigos, que se reúne há oito anos no
Bar Burinho, um pequeno
e movimentado botequim, decidiu fazer uma brincadeira com o Fome Zero do governo.

O resultado foi inesperado: em menos de uma semana, houve 10.650 adesões. Em uma das reuniões de sábado, para ver quem bebia mais, numa velha disputa chamada "Êta Sede Danada", Gaudêncio Luís Gardona, de 62 anos, o mais antigo membro do grupo, brincou dizendo que Fome Zero é pra quem tem fome, "E pra quem tem sede, como é que a gente faz?" (segue)
Gardona: "Bebuns e famintos são iguais".

 

Notícias Pinga - Pinga

 

 

 

 

 

Oferecimento da
Caninha Bis-Bis