ANO IV NÚMERO 46

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2006© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)

Derrotados confessam que apelaram
para tudo e todos na última eleição

Grossolano apelou para incenso; Montes deixou o bigode crescer e Maria Geralda seguiu conselho da avó.

Por Carlos Puzzo, Frida Leckerbissen, Emílio Tramposo e correpondentes

Acreditando mais no esotérico e nas crendices
e menos em si próprios
e na convicção, inocência ou ignorância do eleitor, muitos candidatos a prefeito em todo o
Brasil apelaram para
tudo e todos para se elegerem. Pediram apoio
a Deus, ao diabo, santos,
pais-de-santo, caboclos, crendices, amuletos
e o que mais

pudesse ajudá-los.
Em várias capitais e em centenas de cidades
muitos se consideravam
já eleitos com suas fórmulas mágicas.
(segue)

Courgette escolheu Uberlândia pela sua pujança econômica. À direita, "o chapéu pipa", sucesso da grife.
Costureiro francês vai lançar
grife famosa em Minas Gerais

Informe
publicitário


BAR DE FAMOSOS
LANÇA O DRINQUE
“BRIGA DE GALO”