ANO V NÚMERO 49

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2006© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)

Concurso pré-carnavalesco escolhe
melhores blocos paulista e carioca

O vencedor paulista, Bloco da Tesoura Sem Corte, e o carioca Cadê a Melodia do Carnaval?

Por Veraliz Gomes
Editora de E-mails

Concursos pré-carna-valescos promovidos pelas prefeituras de São Paulo e Rio escolheram dois blocos como os melhores, entre mais de 360 concorrentes. O paulista, Bloco da Tesoura Sem Corte, faz uma sátira aos
tempos da censura e, segundo seu fundador, Luiz Guilherme Padula, conhecido como Lula, quer chamar a atenção para “novas e ameaçadoras tentativas de censura por parte da turma de Brasília”. O carioca, intitulado “Cadê a Melodia do Carnaval?”, é uma crítica aos
aborrecidos sambas-enredos que há vários anos dominam os desfiles das grandes escolas do Rio.
Os dois blocos foram contratados por prefeituras e clubes de todo o Brasil para apresentações durante todo este ano, mesmo depois do Carnaval. (segue)
Brasileira casa
com índio que
ficou milionário com 10 cassinos
Maristela Bonetti, uma
bela morena de 43 anos, realizou um sonho de muitos anos, casando-se com um índio americano que ganha fortunas com seus cassinos. (segue)
Casamento de Maristela foi na reserva dos índios Hopi, no Arizona
Mais mensagens
pelos 4 anos do SacolãoBrasil