ANO V NÚMERO 57

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2006© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)

Foto de perua lotada revela
corrupção em prefeitura

Por Ribaldo Lima
Correspondente

O prefeito Severino A. Nogueira (PT), de Caturité, Pernambuco, foi afastado do cargo pelos vereadores locais depois que uma fotografia mostrando 25 pessoas espremidas perigosamente numa velha perua num bairro da periferia desencadeou protestos em toda a cidade. (segue)

Moradora Alzira Mangabeira fez a foto que derrubou o prefeito

Jornalista diz que a máquina de
escrever não vai morrer nunca
Zanini e Maria Teresa no anúncio que fizeram nos anos 50 e o casal atualmente
Por Carolina Remington
Subeditora de Digitação
“A máquina de escrever não vai morrer nunca”. A frase foi dita há 50 anos pelo jornalista e esportista Igor Zanini, ao participar de um anúncio em jornais e revistas da época. O anúncio mostrava um casal admirando uma nova máquina de escrever e teve como modelo o próprio Zanini e a amiga Maria Tereza, com quem se casaria. Hoje, tantos anos depois e com os computadores dominando todo o mundo, Zanini repete, ainda com mais convicção e certeza, que a máquina de escrever não só continua viva, como experimenta um renascimento que surpreende a todos. Ele mostra como exemplo o recorte de uma notícia recente, publicada em jornais e revistas, informando que em vários países a produção de máquinas de escrever continua a pleno vapor,
embora, claro, reduzida a níveis mínimos. E mostra outro recorte de dois meses atrás sobre a fabricação da primeira máquina totalmente brasileira com teclas em braile para cegos.
“Quer mais argumento sobre a força da máquina de escrever?”, ele pergunta. “O computador, ao contrário do que dizem, veio para mudar nossa vida para pior. Deus é testemunha que tentei e tentei assumir o computador como meio moderno de escrever, e cheguei mesmo a comprar um. Mas depois de cinco meses e dezenas de problemas, desisti e vendi esta máquina infernal, com bastante prejuízo, é claro. Por isso voltei com alegria à minha fiel máquina de escrever, que está comigo há mais de 30 anos, e
cada vez melhor. Que computador dura tanto tempo assim?”, Zanini pergunta como desafio.
(segue)
O referendo está aí!!!
Em quem você vai
votar? No mocinho
ou no bandido??!!
E quem é mocinho,
quem é bandido?!