ANO VII NÚMERO 81

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2007© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)

Congressinho conhecia
nomes de 67 políticos
Morre papagaio que não
gostava de políticos e
era atração em Brasília

Por Gaudêncio Martins
editor de editorial
O muito falante papagaio conhecido como Congressinho, que todos os dias levava dezenas e dezenas de fregueses ao Bar do Eleitor, na cidade satélite de Taquatinga, morreu
a semana passada. Segundo seu dono, Inocêncio de Souza,
o papagaio tinha
15 anos e a morte
foi de causa desconhecida,
embora Souza diga
que é coisa suspeita, pois o bicho sempre teve ótima saúde.
“Não afasto a
hipótese dele ter sido envenenado, por pura maldade de alguém,
ou então por algum político ressentido”,
ele afirma.
(segue)