ANO XI NÚMERO 129

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2011© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)

Por Ivone Vargas
do Vidas Políticas

Obama e Putin abrem a lista dos maquiados

Por Malaquias Thin
caderno Saúde!

Um dramático depoimento:

Eu era gordo, virei
vegetariano e quase morri!

Presidentes
viram caricaturas
do poder

Nove quilos menos
e a camisa “Sou gordo”

Para Cipriano Bedini
tudo começou com as
roupas, que de repen-
te não cabiam mais,
de tão apertadas.
Como sempre, levou
algum tempo para
aceitar que comer
além da conta faz a
gente aumentar de
tamanho. Suas
explicações foram a
de sempre: a culpa é

da roupa, que enco-
lheu, da balança
desarranjada ou
qualquer outra que
possa aliviar a cons-ciência. “Meu peso
era 80 quilos, muito
para a minha altura,
1,68m, mas, sem trocadilho, fui empur-rando tudo com a
barriga, que já era
grande, sem me
preocupar”, ele
confessa.
(segue)

De repente, presiden-
tes e líderes de vários
países começaram a
surgir na internet com
aparência nunca vista
antes. (segue)
Nicolielo sob o luar de Brasília