ANO XV NÚMERO 174

O TEXTO DO SITE É OBRA DE FICÇÃO. QUALQUER SEMELHANÇA
COM PESSOAS E ACONTECIMENTOS REAIS É MERA COINCIDÊNCIA.

2015© - Ao Pé da Letra Jornalismo
Projeto Gráfico: i propaganda
(Site melhor visualizado na resolução 800x600)

 

Nicolielo

Arruaceiros tentam outra vez invadir prédio do Sacolão

Um grupo de cerca de
cem pessoas, homens,
mulheres, adolescen-
tes e idosos, tentaram
invadir anteontem a
sede do SacolãoBrasil,
no centro da capital
paulista, armados de
pedras, cartazes
insultuosos e tinta
em spray, com que
picharam slogans na
fachada. (segue)

Junto aos baderneiros, políticos, empresários
e um garoto (foto) de 14 anos

Psicólogo diz que careta é remédio contra o estresse

Por Leila Osório

Feia, bonita, engra-
çada ou grotesca, a
careta só é aceita
como brincadeira, no
aconchego do lar ou
como insulto ou pro-
vocação. Mas não é só
isso, garante o psicó-
logo alemão Heinrich
Schraube, em pales-
tra na Universidade
Drecksack, em
Munique. (segue)

Texto Dilma Nassef

Foto Inácio Lima

Caso foi parar na delegacia

Colisão de carrinho de supermercado e carro no shopping!

Quando o segurança
ligou para o gerente
do shopping Tem de
Tudo
e pediu para
que descesse até o
estacionamento, ele
quis saber o que era.
”Seo Túlio, tá uma
confusão aqui emba-
ixo, um carrinho
bateu num carro e o
dono tá gritando”,
disse o segurança.
Levou algum tempo
para o gerente
convencer os dois
envolvidos a parar
de gritar e explicar o

que aconteceu. Não
adiantou muito,
quando um tentava,
o outro interrompia,
e assim foi por longos
minutos. O confronto
só cessou quando o
gerente mandou cha-
mar um policial farda-
do da vigilância, que
pediu os documentos
dos dois e o industrial
Gerd Dumm, dono do
carro, e a decoradora
Flora Peto, que condu-
zia o carrinho, conta-
ram suas versões do
ocorrido.
(segue)